Monitor mostrando estatísticas de uma empresa
EmpresasPequenos Negócios

Como um ERP pode ajudar uma empresa?

Usando o e-mail marketing, uma empresa consegue desenvolver uma audiência engajada, uma vez que constrói um relacionamento contínuo com seus prospects, leads e clientes.

Ele é parte aliada do funil de vendas, uma vez que pode ser usado em qualquer uma de suas etapas e atrair resultados ainda melhores.

Isso porque se a marca tem em mãos o contato de alguém interessado no que ela vende, basta trabalhar os conteúdos no e-mail do jeito certo.

Contudo, é preciso saber combinar bem uma estratégia de marketing de conteúdo com funil de vendas, para que fique mais fácil converter os leads.

Algumas pessoas acreditam que o e-mail é uma estratégia ultrapassada, mas isso não é verdade. Ele passou por todo um processo de refinamento para se tornar o que é hoje: um canal íntimo e exclusivo de comunicação com os clientes e potenciais clientes.

Ao contrário de muitos outros, não existem interferências na comunicação que tirem o foco do usuário de uma marca quando está lendo um e-mail delas. Além disso, trata-se de uma aproximação muito maior do que em outros meios.

Pensando em toda essa importância do e-mail marketing para as empresas, neste artigo, vamos mostrar suas vantagens, como ele pode ser eficaz e responder à dúvida de muitos: são necessários complementos no seu envio? Por isso, não deixe de conferir!

Vantagens do e-mail marketing

A era digital à qual estamos inseridos trouxe muitos benefícios e possibilidades para as empresas. O e-mail marketing é um exemplo, que ajuda a alavancar os negócios, como uma empresa de envelopamento carros, por conta de vantagens como:  

1 – Troca de informação

Mais do que ser usado nas estratégias de vendas, esse recurso pode ser aplicado para levar informações até o público-alvo. Os usuários, por exemplo, utilizam o e-mail quando querem saber mais a respeito de determinado produto ou serviço.

Inclusive, as organizações podem aprender um pouco mais sobre eles e oferecer soluções baseadas em suas expectativas.

2 – Mensagens personalizadas

Geralmente, quando pessoas leigas no assunto pensam em e-mail marketing, logo ele é relacionado a promoções, descontos e ofertas, mas a verdade é que ele é muito mais do que isso.

As marcas podem usá-lo para começar a se comunicar com novos clientes e leads, criando, assim, um vínculo com eles.

É dessa forma que a sua empresa consegue criar uma promoção para um grupo específico, como aqueles clientes que já compram com você há algum tempo. 

Além disso, também pode ter outras finalidades, como mensagens em datas especiais, como o aniversário do cliente ou comunicados.

Para conseguir esse feito, uma fabricante de escora metálica, por exemplo, precisa criar uma lista de e-mails ativos.

3 – Estratégia mais barata

Muitas empresas de grande porte enviam mensagens de e-mail automaticamente, mas para isso, é preciso seguir boas práticas, como:

  • Dar atenção ao assunto;
  • Enviar e-mail de boas-vindas;
  • Prender a atenção do destinatário;
  • E-mail com recompensas.

Para colocar essas ações em prática, é fundamental saber o que está sendo promovido para que a mensagem seja lida. Isso porque de nada vale criar um título atraente se o conteúdo não ocupa o mesmo patamar.

4 – Redirecionamento de tráfego

Para aumentar o tráfego de um site ou blog, não existe estratégia melhor do que o SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para motores de busca). 

Contudo, é possível usar o e-mail marketing a seu favor para conquistar esse objetivo.

Inclua no e-mail um link que leve o usuário até um conteúdo que condiz com seus interesses. Por exemplo, uma fabricante de materiais para dentistas pode mandar um link de seu blog que explique mais sobre a importância da seladora odontológica.

5 – Design simples

Os e-mails enviados precisam se adaptar ao acesso por meio de dispositivos móveis e ter um design que cause interesse e um impacto positivo.

Além disso, esteja atento ao conteúdo, incluindo todas as informações relevantes sem abrir brechas para distrações. Da mesma forma, evite enviar e-mails aos finais de semana e feriados.

Como pode ser mais eficaz?

O e-mail, por si só, é uma boa estratégia, mas existem algumas ações que fazem dele um recurso ainda mais eficaz. O segredo está em reconhecer em quais situações ele deve ser enviado. Entre elas estão:

1 – Atualizações de blog

Muitas marcas usam o e-mail para notificar os seus leads e clientes a respeito de novas postagens no blog. É uma boa maneira, inclusive, de aumentar a interação com eles.

Essas atualizações são mais comuns para os leads, pois são pessoas que acabaram de se inscrever na sua lista de e-mails e desejam saber mais a respeito de algum assunto, como serviços de pet banho e tosa, por exemplo.

Ao enviar as novas publicações de seu blog, você conseguirá manter a lista ativa e fazer com que seus destinatários estejam sempre em contato com elas, aumentando, inclusive, as chances de conversões.

2 – Envio de newsletter

As newsletters são um dos melhores recursos, uma vez que por meio delas é possível enviar as principais notícias e atualizações de sua marca, produto e serviço.

Para que ela seja, de fato, lida pelos seus contatos, é necessário ter identidade própria e conteúdos que sejam realmente relevantes.

Junto com ela, você pode mandar links que levem o cliente a um conteúdo mais detalhado sobre determinado assunto.

3 – Convites para eventos

Os eventos, como as feiras que as empresas participam, são excelentes assuntos e que tornam o uso do e-mail marketing ainda mais eficaz.

Contudo, se uma empresa especializada em conserto fonte chaveada, por exemplo, for participar ou organizar um evento, ela precisa mostrar de maneira clara porque ele vale a presença do destinatário.

Portanto, é preciso incluir todas as informações, como data, local, hora entre outras, além do link para inscrição ou compra de ingressos.

4 – Nutrição de leads

Algumas ações dos visitantes em seu site podem incluí-los no fluxo de nutrição. Trata-se do envio de e-mails com conteúdos relevantes acerca do interesse do seu lead.

É dessa forma que a marca vai atravessá-lo pelo funil de vendas até que ele realize a compra. Ao identificar o grupo de contatos, é possível saber quem tem interesse e continuar a conversa com eles.

Complementos para e-mail marketing

Como vimos, o e-mail marketing pode ser usado para diversas finalidades, inclusive, uma empresa pode esclarecer dúvidas particulares de seus clientes, como o melhor horário para retirar kit gnv que ele comprou.

Só que, a depender do propósito da mensagem, é preciso que ela conte com alguns complementos, como anúncios, design atrativo, links de direcionamento, etc. Apenas um texto com fundo branco pode ser entediante para os leitores.

Pensando por esse lado, é fundamental que você utilize todos os recursos que puder, como a inclusão de links relevantes e a mistura de formatos diferentes, como vídeos, imagens e textos.

Não caia numa rotina, como enviar uma newsletter toda segunda-feira de manhã. É claro que é importante seguir um fluxo ou um calendário, mas junto com a mensagem, você pode mandar uma frase original, um gif, entre diversas outras possibilidades.

Não se esqueça de capitalizar as oportunidades, utilizando-se de complementos publicitários, como um cartão de aniversário com descontos exclusivos como presente.

Nos e-mails destinados a boletins informativos, inclua, também, promoções, ofertas e convites para eventos. Você pode usar um banner para informar ao cliente que ele ganhou um presente exclusivo.

Ao clicar no banner, ele será destinado a uma página para retirar um cupom de descontos ou um vale-brindes da sua marca.

Assim como você imprime flyer de festa para distribuir, o e-mail pode conter a versão digital desse flyer, chamando o seu cliente para o evento.

Mantenha seus contatos sempre atualizados sobre assuntos que sejam realmente do interesse deles. Por exemplo, uma agência de marketing pode criar um conteúdo sobre a nova lei LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

É uma forma de mostrar que o seu negócio se importa com as necessidades e interesses de seus consumidores.

Outra boa estratégia é compartilhar com a lista os anúncios que você publicou no Facebook e outras plataformas. Nem todos os seus clientes e leads verão essas campanhas e o e-mail marketing é uma forma de garantir isso.

Dependendo do segmento de atuação da empresa, ela pode compartilhar conhecimento com seus clientes, como no caso de uma universidade, por exemplo.

A instituição pode consultar uma lista de discussão dos interessados em assinar conteúdos mais específicos como webinars, tutoriais etc.

Uma boa dica, neste caso, seria uma empresa de marketing falar sobre as vantagens de adesivar carro propaganda, e dividir o assunto em etapas, enviando um tópico por e-mail.

Conclusão

O e-mail marketing é um recurso que não pode ficar de fora de suas estratégias, independentemente do tamanho de seu negócio.

O tipo de comunicação que você estabelece com seus leads e clientes usando essa opção é muito eficiente e traz retornos muito positivos. Depois de ler este texto, temos certeza de que vai ficar ainda mais fácil trabalhar com essa ferramenta.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leave a Reply

O email foi ocultado.